19 de ago de 2017

[LIVROS]:DRACULA

DRACULA (DRÁCULA) é um romance de ficção gótica lançado em 1897,
escrito pelo autor irlandês Bram Stoker, 
tendo como protagonista o vampiro Conde Dracula. 
Tornou-se a mais famosa história de vampiros da literatura. 
O aclamado autor de literatura de terror Stephen King considerou DRACULA um dos três grandes clássicos do gênero, 
sendo os outros dois FRANKENTEIN e STRANGE CASE OF Dr JEKYLL AND Mr HYDE
A obra está em domínio público e pode ser obtida gratuitamente online, 
na sua íntegra,em língua inglesa.
Estruturalmente,é um romance epistolar,ou seja,
contado como uma série de cartas,relatos em diário,jornais e registros de bordo. 
DRACULA mistura ficção de terror,gótica e literatura de vampiros. 
Embora Stoker não tenha inventado os vampiros e tenha sido influenciado por contos anteriores, 
o seu romance foi responsável pela popularização dos vampiros através de muitas peças de teatro, cinema e televisão. 
DRACULA ganhou inúmeras interpretações ao longo dos séculos XX e XXI.
Sua forma epistolar é genial.
Eu sempre tive paixão por vampiros.
Tudo que está relacionado ao mundo dos vampiros,eu me interesso.
Claro que com algumas exceções.
Apesar disso...Nunca tinha lido este livro.
Assisti apenas versões em filmes e desenhos.
A curiosidade ia crescendo em mim,que num sábado,decidi ler este livro.
Não conseguia parar de ler.
Terminei o livro em um dia e meio.
Depois de ter lido eu pensei:
"COMO QUE EU NUNCA TINHA LIDO ESTE LIVRO ANTES?"
O suspense é cativante.
Você se interessa de cara pelos personagens,e fica apreensivo querendo saber o que irá acontecer com eles no próximo capítulo.
O horror está na medida certa.
O conde aparece pouco,mas quando aparece,você sente que o mau está presente.
O Dr Van Helsing é um personagem interessante.
Ele faz de tudo para que o mau seja dissipado do local.
E não mede esforços e nem é covarde na hora de combater os vampiros.
O único estranhamento foi na hora que o autor citou a aparência do conde.
Como eu disse,só conhecia o conde por versões de filmes e desenhos.
E nos filmes e desenhos,o conde tinha uma aparência elegante.
Diferente do que foi retratado no livro por Stoker.
O conde é descrito como um ser pálido,com olhos vermelhos,dentes parecidos de roedor e um longo bigode branco.
Estranho né?
Pelo menos pra quem ainda não leu o livro,irá estranhar a aparência do conde,que mais parece um rato.
Diferente daquela aparência clássica dos filmes.
O único filme que conseguiu mostrar uma aparência mais real do conde,
foi o filme
NOSFERATU de 1922.
Além disso,por causa do conservadorismo da época,Bram Stoker decidiu introduzir sensualismo
de uma maneira mais subliminar.
As mordidas no pescoço é uma clara referência ao sexo e ao sensualismo.
Se você ama o universo dos vampiros...Não perca tempo,e leia já este livro.
Você não irá se arrepender.
Uma ótima pedida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário